Qual seu próximo passo?

Nosso grande medo não é o de que sejamos incapazes. Nosso maior medo é que sejamos poderosos além da medida. É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos amedronta. Nos perguntamos: “Quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso e incrível?” Na verdade, quem é você para não ser tudo isso? Bancar o pequeno não ajuda o mundo. Não há nada de brilhante em encolher-se para que as outras pessoas não se sintam inseguras em torno de você. E à medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo. Texto Marianne Williamson – Discurso de Nelson Mandela 1994.

Autor: Lincoln Carrenho

De alguns meses pra cá tenho refletido muito sobre o propósito de vida, talvez por que 2016 tenha sido um ano de grandes transformações e aprendizados tanto de natureza política, econômica e por que não dizer cultural de nosso país e também por reflexões sobre minha vida pessoal e profissional.

E apesar de todas as transformações que passamos foi um ano fantástico, resultados expressivos no âmbito profissional, crescemos 75% sem grande esforço, no âmbito pessoal acredito que iniciei um processo de maturidade, colocando a dose certa de importância nas questões que devem ser importantes.

Mas, como eu sempre digo “toda pessoa interessante que eu conheci na vida é uma alma inconformada”, frase de minha interpretação de um dos poemas de Fernando Pessoa chamado “Não sei quantas almas tenho”, numa frase de sua primeira estrofe que diz “Quem tem alma não tem calma”.

E sempre foi assim comigo, desde pequeno, nas conversas dos adultos ficava eu na espreita tentando ouvir qual era a opinião de meu pai sobre a ditadura, o que o plano cruzado estava fazendo com a economia, quem era Collor e seus Marajás.

Esse meu jeito me levou a uma adolescência inquieta, quase rebelde, queria mais da vida, queria mais dos meus pais, queria mais da minha igreja, queria mais dos meus amigos, queria absorver a vida num gole só, como dizia Cazuza.

Toda minha trajetória profissional e pessoal (se é que há diferença) foi marcada por essa angustia, por essa vontade de fazer, sentir, querer, amar, perseguir o próximo passo.

O engraçado é que a vida vai nos limitando em sonhar, e calma, não estou falando daquele sonho de criança de ser astronauta, mesmo por que, ouvi recentemente uma frase que ao refletir fui obrigado a rir sozinho no carro, a frase dizia assim, se todos os senhos de criança virassem realidade teríamos a lua cheia de astronautas desempregados.

Mas, ainda assim o sonhar é uma virtude, ter planos de uma vida de sucesso e não estou falando de ter dinheiro, estou falando de ir além disso, além da preocupação natural de pagar contas. Estou falando do propósito, estou falando do seu talento, daquilo que você faz com inspiração, com vontade, com tesão.

O fato é que nossas experiências de vida muitas vezes vão dizendo pra gente… Fique quietinho aí onde você está, fique confortável, você já não tem dinheiro que basta?

O fato é que nós passamos a ouvir o mundo falar conosco, pessoas danosas que vêm nos dizer que não somos capazes, a internet te dizendo que já tem especialistas demais, o mercado te dizendo que não precisa de mais um e você se acostuma a pensar que você é só mais um.

A vida não diz respeito sobre o que as pessoas falam pra você, a vida se trata do que você diz pra você

Um ano novo se inicia, finalizamos 2017 e já estamos em março de 2018, e não vai ser um carro novo que vai mudar esse ano, o carro pode ser novo, mas, se o condutor for o mesmo de sempre, nada muda, e isso vale para tudo, negócios, família, dinheiro, um ANO NOVO não significa NADA! O que importa é sua MENTALIDADE, se ela mudar o ano muda.

O inimigo está em você

Pare de achar que o inimigo está no mundo lá fora, BESTEIRA! O maior campo de batalha está aí dentro da sua mente.

Sua mente inteligente e cética vai lhe dizer nessa parte do texto, Lincoln isso é Auto Ajuda, estou cansado de ouvir falar nisso. Então, me desculpe, não foi com esse fim que escrevi esse texto, foi com o fim de lhe dizer que acreditando ou não nas minhas palavras, todas as pessoas de SUCESSO (aquele verdadeiro, não de palco) fizeram a única coisa que pessoas com TRAVA não faz, ENTRARAM em AÇÃO.

Agora eu lhe faço uma pergunta, qual é sua TRAVA? O que faz você pensar demais e não agir? O que faz você não ser obcecado por aquele sonho? O que faz você não colocar aquele projeto para acontecer? Quais são seus medos? Qual foi a última vez que você se apaixonou por um projeto?

Esse ano eu me dei ao luxo de fazer a seguinte pergunta pra mim mesmo. Qual vai ser seu próximo passo?

E a resposta veio clara em minha mente, Ser a melhor Versão de mim mesmo e criar um projeto do tamanho do meu SONHO.

O projeto está criado, estou preparado de corpo, mente e alma. Com parceiros que admiro e amo. No melhor momento da vida e em alinhamento com meu maior propósito.

Como você vai seguir?

E eu te pergunto caro leitor, 2018 vai ser mais um ano legal e promissor, vai se acostumar a sua zona de conforto ou vai desengavetar aquele seu plano?

Vou te dizer uma coisa, nada vai mudar se você ficar aí na poltrona mais confortável do seu sofá, assistindo os mesmos programas, lendo os mesmos jornais, vendo os mesmos vídeos. MUDE! Que o mundo muda contigo. Abra sua mente para o novo, respeitando sempre o que você tem de melhor, sua história de vida.

E eu termino fazendo duas perguntas: Qual o seu próximo passo? Qual sua melhor desculpa para não dar o seu próximo passo?

 

Gostou do texto? Opine, reclame, comente! Contribua para que os consultores da Beta X Educação e Gestão possam cada vez mais trazer o melhor conteúdo para o seu negócio. Lembrando que somos especializados em Gestão e Sucessão de Empresas Familiares, Treinamento de Líderes, Capacitação de Profissionais, Planejamento Estratégico, Marketing Digital, Gestão de Pessoas, Investimentos e Carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *